No filme que estreiou nessa sexta (1 de outubro de 2010) nos cinemas do Brasil, a atriz Julia Roberts (que eu adoro de paixão) faz o papel de Elizabeth Gilbert, uma escritora norte-americana, e admite que atuar em “Comer Rezar Amar” foi uma das maiores cargas emocionais de sua carreira. 
  “Esta foi uma das primeiras situações em que precisei me avaliar emocionalmente.  O material era muito rico.   O modo como Liz escreveu deixou muito claro o que ela estava sentindo”, explicou Roberts ao promover o filme em Nappa Valley.
  Para recriar a jornada de autodescobrimento da autora de sua casa em Nova York até Roma, Índia e Bali, “Comer Rezar Amar” foi filmado na mesma ordem de acontecimentos da história, coisa que a maioria das produções não c onsegue fazer.   Disse a atriz que foi um privilégio gravar o filme em ordem cronológica.  Era praticamente uma necessidade.

Indico para que todas as mulheres, muito bommm!!!   O livro é ótimo, confesso que é a primeira vez que leio o livro e depois assito o filme.   O livro é rico em detalhes mas o filme conseguiu passar o mais importante…

A marca de calçados  Arezzo é puro glamour e sofisticação, e nesse verão ela lançou  a Coleção Love In Color-Verão 2011 com modelos exclusivos de Bolsas e Sapatos em diversas cores, desde as mais vivas, até os tons pastéis.  Segui algumas “fotitas” de Bolsas da nova coleção para vocês ficarem por dentro das tendências e loucas para adquirir
como eu…rsrs!!!

Sim, pela primeira vez vou postar o esmalte da semana.
Estou usando um azul metálico da marca Ana Hickmann / Hip Hop

Boa semana a todas, e continuem visitando meu blog vou tentar postar mais vezes na semana, com novidades e dicas,  seja você também uma seguidora do meu blog, têm uma opção logo no final da página.   Obrigada!!!  Beijosss lindas.

Macacão vivem às voltas com a moda e estão no circuito fashion do verão 2011 mais uma vez!!!

Os macacões eram roupas obrigatórias nas fábricas de munição durante a Segunda Guerra Mundial. Depois foram ganhando suas versões fashion e passaram a fazer parte do guarda-roupa feminino desde o início do século XX, sendo muito popularizado na década de 60.

Já macaquinho, usado entre os anos 20 e 30, era uma peça íntima que combinava camisola e calções. Geralmente era confeccionado com abotoamento entre as pernas. A parte superior geralmente possuía alças finas.

Com o passar dos anos as duas peças foram ganhando diferentes versões em diferentes matérias-primas. Mas a sua principal característica não foi perdida – dar liberdade aos movimentos.