Meninas,

Uma dica para o final de semana chegando… que tal um sobremesa?

TORTA DE RICOTA (imita Cheesecake) “essa não é ligth”
“testada, fica um espetáculo” ótima para servir para uma visita super leve e chick!

500g de Ricota
1 lata de Leite condensado
1 lata de Leite (mesma medida da Lata de Leite Condensado)
3 gemas
2 colheres sopa (ñ muito cheia) maizena
2 colheres sopa (ñ muito cheia) cleibon

– Bater tudo no liquidificador (sem as claras), e depois acrescentar manualmente “devagar” as claras batidas em neve acrescentando 1 (uma) colher sopa de pó royal.
– Untar a forma (redonda média que sai o fundo) colocar o recheio e levar no forno até ficar “douradinha”
– Depois de pronta, desenformar, colocar a cobertura de geléia de amora ou outra de sua preferência, cobrindo a parte de cima ou colocar só quando for servir .

* OUTRA FORMA DE FAZER “Não testada”
Mesmos ingredientes sendo que:
Untar a forma, colocar biscoitos goiabinha nas bordas em “pé”, colocar o recheio da torta de ricota e depois de pronta colocar a cobertura de geléia de goiaba, esta fica igual a foto.

Dica da amiga Vanessa Cora.  Obrigada amiga querida!!!
Depois me contem como ficou…
Beijim meninas.

Dessa vez pensei em fazer um post diferente, afinal nesse frio nada melhor que uma bebida quentinha.  Segue uma das minhas receitas preferidas “Cappuccino”.

Ingredientes:
(conforme na imagem acima)

1 lata de leite em pó (instantâneo)
1 pacote (pequeno) de café solúvel
2 colheres de chocolate em pó
1 colher de (chá) de canela
1 colher de (chá) de bicarbonato de sódio

Amasse os granuladinhos do café solúvel (dica) pois dissolve melhor depois de pronto, misture todos os ingredientes.   Está pronto é só servir!!!  
  
Depois quero saber o que acharam…

Bom final de semana.

Beijos da Alê

No filme que estreiou nessa sexta (1 de outubro de 2010) nos cinemas do Brasil, a atriz Julia Roberts (que eu adoro de paixão) faz o papel de Elizabeth Gilbert, uma escritora norte-americana, e admite que atuar em “Comer Rezar Amar” foi uma das maiores cargas emocionais de sua carreira. 
  “Esta foi uma das primeiras situações em que precisei me avaliar emocionalmente.  O material era muito rico.   O modo como Liz escreveu deixou muito claro o que ela estava sentindo”, explicou Roberts ao promover o filme em Nappa Valley.
  Para recriar a jornada de autodescobrimento da autora de sua casa em Nova York até Roma, Índia e Bali, “Comer Rezar Amar” foi filmado na mesma ordem de acontecimentos da história, coisa que a maioria das produções não c onsegue fazer.   Disse a atriz que foi um privilégio gravar o filme em ordem cronológica.  Era praticamente uma necessidade.

Indico para que todas as mulheres, muito bommm!!!   O livro é ótimo, confesso que é a primeira vez que leio o livro e depois assito o filme.   O livro é rico em detalhes mas o filme conseguiu passar o mais importante…

css.php